");// --> ");// -->






Comparativo: Lifan 320 x Renault Clio Campus

comparativo lifan 320 x clio campus 001 Comparativo: Lifan 320 x Renault Clio Campus

Ainda não lançado, mas já disponível nos show-rooms das concessionárias da marca, o Lifan 320 desperta curiosidade pela forma similar ao do Mini, produzido pela BMW, o pacote completo de equipamentos com que está sendo oferecido no mercado nacional e o preço convidativo de R$29.826,00 conforme informado no site da Fipe e confirmado pelo vendedor da loja visitada. O Clio Campus recentemente passou a contar com garantia de 3 anos de fábrica e entre os modelos de entrada do mercado sempre foi um dos melhores pelo acabamento, qualidade de construção e equipamentos – no início era oferecido até com air-bags de série, mas apesar de suas qualidades já se encontra tão defasado quanto seus principais concorrentes, o Celta, Gol G4, Ka e Palio.

Em comum, Lifan 320 e Clio Campus possuem o formato meio de caixote de suas carrocerias – o desenho do 320 é proposital e segue tendência retrô de estilo enquanto o do Renault tenta esconder seus mais de 10 anos de projeto, o porte similar, equipamentos acima da média do segmento e garantia de fábrica de 3 anos.

Preços e versões

Vendido em uma única versão, o Clio tem como opção somente a escolha do número de portas da carroceria, 2 ou 4. Para este comparativo foi escolhido a versão 4 portas do Clio com o pacote completo de opcionais disponibilizado para o modelo pela Renault, o ‘PACK CONF’, para que o modelo se equiparasse ao Lifan 320 em equipamentos e preço. Completo, o Clio custa R$32.240,00 no site do fabricante, mas pode facilmente ser achado por R$30.000,00 nas concessionárias da marca. Com todos os opcionais o Clio vem bem completo para o segmento, ficando somente a desejar nos acessório de segurança visto que air-bags frontais e ABS nos freios não estão mais disponíveis nem como opcionais, uma pena em se tratando de um modelo que no inicio de sua fabricação no país destacou-se justamente pela oferta das bolsas de ar de série desde as versões básicas e ABS nos freios na versão top de linha.

O Lifan, conforme informado pelo vendedor do ponto de venda (a assistência técnica é realizada em outra loja), também está sendo vendido em uma única versão no Brasil e o modelo exposto na loja possuia um único opcional, as rodas e pneus aro 17″ ao custo de R$2.000,00 – como era um acessório colocado pela loja, este preço seria pelo jogo novo em substituição ao original aro 14 que ficaria com a loja. O preço do modelo seria o anunciado nas mídias especializadas, de R$29.900,00 completo, com todos os acessórios informados no site do fabricante.

 Comparativo: Lifan 320 x Renault Clio Campus Comparativo: Lifan 320 x Renault Clio Campus

No site da FIPE o Lifan 320 0Km está cotado a R$29.826,00. O Renault Clio com o pacote de opcionais PACK CONF vai a R$32.240,00, mas é fácil achar nas concessionárias por volta de R$30.000,00.

Carroceria e design

Apesar de possuírem porte similar, o Lifan com 3,74 metros de comprimento e o Cio com 3,82m e a mesma forma básica da carroceria, as semelhanças entre os dois param por aí. Nos detalhes de estilo são totalmente diferentes, assim como na escola de design que cada um segue. O Lifan é representante de uma tendência que está morrendo na China, a de utilizar o desenho de algum modelo de sucesso no mercado internacional para agradar o consumidor, neste caso o Mini produzido pela BMW. Em muito o modelo 320 lembra o Mini original, mas em nossa opinião mais ao modelo originalmente produzido pela BMC (British Motor Corporation) do que a versão atual concebida pela BMW. É que o Mini original foi projetado para ser um carro simples, acessível e divertido, coisa que o Lifan consegue e o modelo da BMW não – não há nada de simples ou acessível no modelo da BMW que custa a partir de R$89.700,00. A montagem de algumas partes da carroceira no modelo avaliado deixavam a desejar, sendo que as portas estavam muito desalinhadas sobretudo na parte superior no fechamento com o teto e o adesivo colado na coluna traseira apresentava arremates irregulares. Em contrapartida, no cofre do motor está tudo devidamente arrumado, muito melhor que em alguns de nossos populares que tem cabos sem pregadores para organizá-los.

mini lifan bmw Comparativo: Lifan 320 x Renault Clio Campus

A Lifan fez o que a BMW não conseguiu, criar um mini acessível e divertido como o modelo original da década de 60. Na seqüência das fotos: Morris Mini da década de 60, Lifan 320 e BMW-Mini 2008.

O Clio é um modelo mais antigo, já com 12 anos de mercado. Apesar de seu estilo ainda ser aceitável pela maioria, já está cansado, parecendo carro antigo. A reestilização do modelo em 2003 trouxe uma frente mais agressiva, mas a alteração em 2006 atenuou esse aspecto e acentuou a traseira pouco harmoniosa que sempre foi o calcanhar de aquiles no desenho do modelo. Mas é um carro bem montado, sendo neste aspecto muito superior aos seus concorrentes diretos e ao Lifan 320.

comparativo lifan 320 x clio campus 0021 Comparativo: Lifan 320 x Renault Clio Campus Comparativo: Lifan 320 x Renault Clio Campus

Lifan 320 e Renault Clio podem parecer similares no formato básico, mas nos detalhes de estilo os modelos se mostram diferentes em tudo. O 320 recorre a um desenho ‘a lá Mini‘ enquanto o Clio encontra na traseira o seu ponto de discórdia desde o lançamento desta geração.

Painel, posição de dirigir e acessórios

Internamente as diferenças entre o 320 e o Clio também são perceptíveis devido ao desenho mais atual do painel do primeiro e ao melhor acabamento geral do segundo. No Lifan assim como no novo Uno se veêm algum parafusos expostos e peças mal encaixadas enquanto no Clio o acabamento está mais próximo de modelos do topo do segmento como o Citrôen C3 e o Peugeot 207. Os plásticos usados no Clio também são melhores, ao passo que os do Lifan 320 lembram os do Agile, Celta e Gol G4. Um diferencial no Lifan são os dois tons do painel, sendo que no modelo testado era preto com bege, mesma tonalidade do plástico das portas.

comparativo lifan 320 x clio campus 004 Comparativo: Lifan 320 x Renault Clio Campus

O Clio possui melhor acabamento no geral, enquanto o Lifan está no mesmo nível de modelos de entrada como Agile, Celta e Gol G4.

A posição de dirigir no Clio é muito boa e superior a muitos modelos concorrentes como o Celta e o Gol G4 e seus volantes em posições tortas. O banco é confortável e está tudo à mão. A posição de dirigir do Lifan 320 também é boa mas os bancos me pareceram um tanto quanto macios – prefiro bancos menos macios. O encosto do banco dos passageiros da frente no Lifan é regulado da mesma forma que se regula um banco em uma poltrona de ônibus rodoviário, uma alavanca com posições pré-definidas, não é ruim, mas a regulagem milimétrica pela manopla rotatória nos bancos da maioria dos modelos oferecidos em nosso mercado é melhor.

O painel do Clio é bem convencional e o conta-giros é um opcional que está incluso no pacote PACK CONF no modelo avaliado. No Lifan chama a atenção o painel em tom azul que mescla mostradores digitais com analógicos. Como o teste foi feito pela manhã, não deu para saber como fica essa iluminação à noite.

 Comparativo: Lifan 320 x Renault Clio Campus

O painel do Lifan 320 tem um aspecto diferenciado e original. O conta-giros fica em volta do velocímetro que é digital.

Acessórios; como comparar um carro chinês a um nacional? Na China o consumidor não aceita pagar por um carro sem equipamentos como os que são oferecidos aos consumidores brasileiros. Por isso que dificilmente veremos modelos pelados de tudo oriundos da China como os que temos aqui, simplesmente porque não existem em seu mercado de origem. Neste comparativo a versão do Clio escolhida para equiparar em preço ao Lifan 320 foi a com o pacote opcional PACK CONF que contém direção hidráulica, ar-condicionado, vidros dianteiros elétricos, trava nas portas e porta-malas com controle a distância, alarme, conta-giros, limpador do vigia e apoio de cabeça nos bancos traseiros. A estes itens opcionais juntam-se os seguintes itens de série: ajuste de altura dos cintos dianteiros, cintos traseiros retráteis e desembaçador traseiro. O Lifan 320 possui tudo isso, sendo que os vidros traseiros também são elétricos.

Espaço interno e porta-malas

Internamente tanto o 320 quanto o Clio acomodam bem somente 4 adultos, sendo que os do banco traseiro em ambos não podem ser muito altos com o risco de rasparem a cabeça no teto, sensação agravada no Clio por causa do caimento da traseira. No Lifan o espaço para as pernas dos passageiros do banco de trás é inferior ao do Clio e a diferença de 13cm entre os eixos pode explicar o porque. Quanto ao porta-malas o do Clio é ‘alguns dedos’ mais fundo e o do Lifan lembrando mais a capacidade do novo Uno.

comparativo lifan 320 x clio campus 0051 Comparativo: Lifan 320 x Renault Clio Campus

Desempenho e comportamento dinâmico

Foi uma pena não poder abusar do Lifan 320 no test-drive da concessionária. O modelo parece ter um comportamento bem neutro nas tomadas de curva e uma tocada até esportiva, dentro do que o carro permite – lembrando que o modelo avaliado estava com o jogo de rodas e pneus aro 17, diferentemente do oferecido originalmente no modelo que é 14″. É divertido de guiar e se não é um expoente em desempenho, acompanha bem o trânsito. Enquanto o comportamento do Clio chega a ser melhor que o do rival, com bom compromisso entre conforto e tocada mais esportiva, o que fica a desejar é o motor 1.0. As 16V do motor do Clio ajudam, mas mais em altas rotações e em condições de estrada, na cidade e abaixo das 2.500 rpm é necessário usar bem o câmbio para os 77 cavalos de seu motor flex aparecerem. A Renault poderia fazer igual à Peugeot e oferecer o Clio com uma motorização 1.4 8v ao preço do 1.0 16v. Seria uma opção mais interessante e a se levar em conta na categoria.

Segurança ativa e passiva

Em termos de segurança vimos que o Lifan 320 vem de série com ABS nos freios e com EBD, além de air-bags frontais. O Clio não dispõem de nenhum destes itens, nem como opcionais, mas o resultado do crash-test do Clio auditado pela EuroNCAP é de conhecimento público enquanto o do 320 é uma incógnita – o modelo ainda não foi testado pelo orgão similar na China, o C-NCAP. Alguns modelos da marca como o 520 e 620 tiveram resultados fracos a regulares em crash-tests recentes feitos pelo mesmo instituto.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=DBXNgKwWFs4]

O Clio de segunda geração passa nos rigorosos crash-testes da EuroNCAP com 4 estrelas. Mas o modelo avaliado na europa possuia air-bags, diferentemente do oferecido hoje ao consumidor brasileiro.

Qual modelo escolher

Chinês ou francês? A motorização superior e os itens de segurança de série do Lifan 320 ao mesmo custo do Clio Campus com o pacote opcional PACK CONF já seriam razões suficientes para dar a vitória ao modelo chinês, mas o estilo fora do lugar comum inspirado no Mini da BMW pode não agradar a todos e a qualidade da montagem e acabamento podem ser itens contra. A Renault contra-ataca com um modelo reconhecido pelo mercado como robusto, de acabamento e finalização da montagem de partes da carroceria e componentes internos superior, com custo de manutenção conhecido e o mais importante, com uma rede de concessionárias que tem um atendimento acima da média, apesar de ser basicamente o mesmo modelo lançado em 1998 e retocado em 2003 e 2006.

Desta vez a escolha fica com você leitor.

Fichas técnicas

comparativo lifan 320 x clio campus 0061 Comparativo: Lifan 320 x Renault Clio Campus

Fotos: fontes diversas.

");// -->




99 respostas a Comparativo: Lifan 320 x Renault Clio Campus

  1. Anderson Nunes disse:

    Parabéns pela matéria! Foram descritos de forma bem imparcial as qualidades e defeitos de cada modelo.

    O importante é que cada consumidor avalie de forma racional suas reais necessidades antes de adquirir um ou outro modelo.

  2. Pingback: Lifan 320 será lançado em julho por R$29.900,00 | Carros Chineses

  3. Marcio disse:

    Esqueceram de mencionar que o Lifan vem com som completo e farois de neblina também.

  4. Antoniokings disse:

    Matéria bem escrita.

  5. Almy disse:

    É uma boa comparação, acho que pela confiança ficaria com o Clio, mas o Lifan ainda precisa de tempo, estou pensando em comprar um Kia Picanto, ele é pequeno completo e tem bom preço, testei um e gostei bastante, mas vou aguardar mais um pouco.

    • Marcio disse:

      Melhor esperar um pouco. O Picanto já está chegando Flex. O QQ da Chery também já está chegando Flex. Sem falar da Jac! Mas ainda são modelos 2010, que já está no fim. Vamos esperar pelos modelos 2011.

      • Leandro disse:

        Eu fui ver o Lifan aqui em Curitiba e achei o carro vagabundo demais. Torço para que os carros chineses atinjam uma qualidade boa logo e seja uma opção a ser considerada na minha próxima compra, mas por enquanto, esse Lifan 320, sem condições.
        Aqui em Curitiba ele está 32 mil + frete. Por esse preço eu compro um Picanto.

      • carberto disse:

        @Leandro

        Achei melhor que o Mille, que custa os mesmos 30 mil com 4 portas, direção hidráulica e ar-condicionado. Comparando com o acabamento interno do Agile, por exemplo, que usa plásticos tão ruins quanto, o Lifan 320 é melhor. Mas no caso do comparativo, acho o Clio mais carro.

        Não compraria o Picanto, acho caro por 35.000 já que por esse valor dá pra comprar um carro 1.4 (Corsa) ou 1.6 (Gol) com ar e direção.

  6. gabriel disse:

    das marcas convencionais/populares, pra mim a que oferece melhor qualidade é a Renault. Apesar de feinho, não tem nem como comparar um Clio com os concorrentes, o carro é MUITO superior.

  7. Marcio disse:

    Só lembrando que o Picanto é 1.0 com 66 HP. O Lifan 320 é 1.3 com 88 HP. E o Picanto, com frete, fica em 35 mil.

    • Almy disse:

      Bem que aqui na Bahia não sei se isso é no país todo a Kia ta fazendo promoção do Picanto por 32,800 acho que até no site dela ta anunciando esse valor, o lifan 320 achei o acabamento e os materiais usados bem fracos mas não compare um uno mille com ele, aí já é demais, o Clio é superior em aspectos de acabamento mas o que atrai é o preço que ele pode ser encontrado, de resto ainda prefiro esperar pra ver o que me aparece no mercado.

      • Marcio disse:

        O Picanto está na promoção por esse preço porque está chegando a versão Flex. Mas esse preço não inclui o frete (de 1500,00 aqui no RJ) o que eleva o preço para 34.300.

  8. Pingback: WebMotors testa Lifan 320 | Carros Chineses

  9. Adriano Gustavo disse:

    Olá, por R$ 35 mil eu prefiro um Corolla 2005/2006, completo, que mesmo com 04 anos de uso, não me trará problemas, e é oriundo de uma marca muito conceituada em segurança e mecânica.
    Sinceramente, começo á pensar se, pelos altos valores dos carros novos/zero-quilõmetro, é vantanjoso tê-los. Exceto pela parte de mecânica, onde têm-se certeza da origem de todas as peças, muitos modelos semi-novos saem mais completos por bem menos. Querem um exemplo? Chevrolet Prisma 1.0 básico: a partir de R$ 28 mil. O mesmo carro, ano 2008, completo (Ar, DH, VD, Tri), saem por R$ 23 mil, e com certificado de que o km não foi adulterado.

    Esses carros chineses ainda não me agradam pelos seguintes motivos:
    – não sabe-se o índice de depreciação dos modelos, ou seja, você não sabe o quanto vai provavelmente perder de dinheiro;
    – não pode-se dizer o correto comportamento desses veículos em ruas brasileiras, visto que são confeccionados como “modelo exportação”, mas com KnowHow interno;
    – futuro incerto de revendas, distribuidores, peças e demais envolvidos: assim foi como algumas marcas que, apesar de ter diferenciais competetitivos muito atraetes, murcharam por não terem distribuidores e parceiros suficientes no Brasil.

    • carberto disse:

      Adriano, concordo quando você fala com relação ao futuro, se haverá peças, manutenção adequada ou se em 5 anos estes importadores já terão saído do país e mudado de atividade. A Alfa-Romeo (Fiat), Asia-Motors (Hyundai), Daewoo, Daihatsu, Lada, Mazda, Seat (Volkswagen) e Suzuki, deixaram os consumidores na mão ao saírem do país de uma hora para outra, não mantendo sequer uma rede de assistência técnica. Por isso que de todas as marcas chinesas que estão chegando acredito mais na Chery, porque ela montou uma filial no Brasil e já anunciou uma fábrica, ao contrário de outras que são importadas por grupos independentes. Quanto aos carros chineses em si, não acredito que sejam melhores ou piores do que os montados em nosso país pelas multi-nacionais americanas, alemãs e italianas. O que determina ou não um sucesso de um produto é a continuidade e manutenção do mesmo, motivo pelo qual Fiat e Volkswagen são lideres do nosso mercado mesmo cobrando caro pelos seus carros populares e o M100 da Effa não vendeu sequer 500 unidades, mesmo custando menos e oferecendo mais – o problema acredito nem era tanto do carro, mas mais da rede como a revista Quatro-Rodas afirmou que estava encerrando o teste de 60.000km do Effa M100 antecipadamente devido a rede não conseguir prestar a devida manutenção ao veículo.

    • Marcio disse:

      Adriano, preferir um Corolla 2005/2006 achando que não dá problemas, parece querer se iludir muito! TODOS os carros dão problemas! Com 5 anos então dão muito mais problemas do que um carro zero quilômetro com 3 anos de garantia. Alegar desconfiança pela escassa rede de concessionárias também me parece contraditório. A Toyota tem pouquíssimas concessionárias! Achar que carro é investimento é coisa de brasileiro! TODOS os carros desvalorizam e SEMPRE perde-se dinheiro. Carro é bem de consumo. Ninguém compra uma TV ou um liquidificador pensando em quanto ele vai valer daqui a 5 anos. Voce usa o produto de forma que te satisfaça nas suas necessidades. Investimento é aplicar o dinheiro um poupança ou outras formas de investimento bancário. Eu jamais compraria um carro preto ou prata e passaria 5 anos com ele só pensando porque essas cores desvalorizam menos. Eu passaria 5 anos infelizes invejando os carros vermelhos ou azuis. A Fiat quando chegou aqui com o 147 em 1976 causou uma certa desconfiança. E deu no que deu.

      • Adriano Gustavo disse:

        Olá Márcio!

        Eu sei perfeitamente que carro não é investimento, ao contrário, é um custo, pois tem-se muito gasto com um carro que vai desavalorizar. Mas ainda estou arregado ao Corolla pois pelo menos tenho a certeza de que, caso precise vender o carro, não perderei tanto dinheiro assim, e nos casos dos chineses, ainda não temos um parâmetro ou embasamento de quanto será a desvalorização. Se eu comprar meu Corolla 2006 por R$ 35 mil, sei que ano que vem ele estará valendo uns R$ 33 mil. Mas se eu comprar um chinês, daqui um ano ele terá qual valor de tabela?

        Já que você citou Investimento, comprar um chinês, na minha opinião, seria como investir numa ação na Bolsa de Valores: você sabe que o potêncial é grande, mas não sabe o tamanho do buraco em que pode se meter, visto que o que manda é o mercado e sua demanda/procura.

        Aproveitando e agradecendo o comentário do amigo CARBERTO, realmente a marca com um exponencial de crescimento muito positivo é a Chery. Fui conhecer o modelo Face e o Cielo, e fiquei realmente admirado com o produto, coo o preço bem competitivo. Comparando o Cielo com o Astra, além de R$ 6 mil mais barato, você tem um visual novo, ao contrário do cansado Astra, e é tão completo quanto.

      • andré disse:

        deu no q deu
        carro nao pegava
        acabamento inferior
        e muita dor de cabeça
        a fiat demorou 16anos para se equiparar as vantagens de uma montadora conceituada no mercado, assim como a kia q em 2000 era considerado aventureiro quem comprasse um sportage por se tratar de um coreano
        so 8 anos depois vc ve carros bons na rua
        a questao e TODA MARCA QUE ENTRA NO MERCADO TEM PROBLEMAS PARA SE ADEQUAR NO PAÍS
        tudo bem q um corolla com 5 anos da problema mas se der sei q e facil achar peças de reposição
        agora vai me achar uma bomba d’agua desse chines no meio de uma cidadezinha de interior!!!

      • Wanderley disse:

        Márcio, sua resposta foi perfeita! O mercado está mudando e com a vinda dos chineses, a consolidação das marcas coreanas e a reafirmação da qualidade dos japoneses só vai fazer com que essa mudança seja ainda mais rápida. Uma pena que a Renault seja tão lenta e vai acabar perdendo mercado. Eu tenho um Clio Campus há dois anos e estou satisfeitíssimo com ele, simplesmente não dá problema! O alinhamento é perfeito, provavelmente é por isso os mecânicos não gostam dele, pois não dá problema. Abraço.

    • Marcio disse:

      Pois é Adriano! Voce fala que sabe que carro não é investimento mas volta a falar em desvalorização do Corolla e a incógnita que será a desvalorização de um chinês. Acho que voce precisa ser menos contraditório nas suas palavras e decidir qual é realmente a sua linha de pensamento.

      • EDUARDO disse:

        SO ESTE MARCIO SABE TUDO NE!
        POR UM ACASO ELE E O DONO DO SITE OU VENDE CARROS CHINESES?

      • Marcio disse:

        Não Eduardo! O Márcio não sabe tudo e nem é representante de carro chinês! Apenas observa as incoerências e contradições de algumas pessoas. Ele tem opinião própria e sabe sustentá-la. Só isso…

      • Adriano Gustavo disse:

        Realmente Márcio, talvez eu não tenha opinião própria. Vou fazer igual á você, comprar carros chineses para toda a família, e vou sair recomendando depois.

        Sinceramente, se voce pensar em carro apenas como um bem, está enganado. Investimento ou não, todo bem de valor considerável (exemplo: um carro, e não um liquidificador) tem que ser avaliado pelo tempo que voce irá utilizar, e qual o valor de mercado que o produto tera, para que você não perca dinheiro na situação.

        Ou seja, o que eu havia falado há respeito dos chineses era a desconfiança de, hoje, pagar R$ 30 mil num carro hoje, e daqui um ano ele valer menos de R$ 25 mil. Lógico, haverá sim desvalorização, mas será conforme o mercado atual de veículos manda?

        Se você souber essas informações, eu compro já um carro chinês!

    • Marcio disse:

      Do jeito que voce fala, até parece que é muito fácil conseguir uma bomba d´água de Corolla 2005 numa cidadezinha do interior! Fala sério!

  10. Thiago disse:

    Hoje fui a uma concessionária autorizada ver o Lifan 320 e realmente existem itens que deixam a desejar no interior do veículo, mas nada que possa assustar. O preço aqui em SP é de R$29.900,00 fiquei interessado em comprar um desses para ver no que vai dar, quanto a peças de reposição, acho que eles não iriam dar 3 anos de garantia e sair do país em menos tempo que isso, quanto a segurança, queria saber como o Brasil avalia isso, será que eles deixariam um carro sem segurança nenhuma entrar no país dessa forma? Acho que exista algum certificado de comprove a segurança do mesmo antes de ser vendido aqui ou estou enganado.
    O Brasileiro tem medo do NOVO, tudo que é novo assusta isso é fato, mas criticar sem ao menos conhecer o produto é sacanagem, vejo comparações absurdas em outros sites, uma delas comparando o carro a um MP15 da 25 de março, que isso, poxa é um carro, e a coisa é mais séria, não fariam algo descartável desse porte.
    Enfim, que venha com tudo Lifan e que não decepcione seus consumidores por menor que sejam eles.

    • Marcio disse:

      Certificado de segurança? Algum carro nacional oferece isso?

      • thiago disse:

        Então, isso que eu queria saber, exites algum orgão que fiscaliza isso, se os carro que entram ou que já estão aqui no brasil são seguros para serem comercializados? ou isso simplismente é feito na fábrica?

        • Editor disse:

          olha Thiago, pelo que sei há uma homologação em que o fabricante tem de apresentar um laudo de orgão independente atestando a segurança do modelo perante as exigências da legislação brasileira. O que posso te afirmar com certeza é que a nossa lei é da década de 70 onde os resultados de crash-test nem exigiam ensaios com bonecos, os dummies. A boa notícia é que no ultimo congresso da AEA, e muitos engenheiros já prevendo a chegada de diversos modelos da China em vários graus de desenvolvimento, se levantou a questão da necessidade da criação de um orgão no pais, uma BR-NCAP, para avaliar a segurança dos diversos modelos de automóveis vendidos em nosso mercado. Fernando Calmon, jornalista que esteve presente no congresso, comentou a respeito em uma de suas colunas e que você pode ler aqui: http://www.webmotors.com.br/wmpublicador/Colunistas_Conteudo.vxlpub?hnid=44632

  11. Almy disse:

    Em termos mecânicos e peças de reposição o que me deixou um pouco otimista foi que ele usa mecânica da Toyota, vi alguém em um site dizendo que o Lifan 620 usa o motor do antigo corola com nome de 4A-FE acho que é isso, e o 320 também é motor toyota não sei qual é o motor ou se é o mesmo do 620 com modificações para diminuir os cilindros.

    • Marcio disse:

      Também já li sobre isso. É a mecânica do Corolla, chassis de Corolla e carroceria de Corolla modificada. Não é toa que ele tem as mesmas dimensões do Corolla. É possível que seja um “genérico” do Corolla. Afinal, o 320 não é um “genérico” do Mini?

  12. Pingback: Vídeo: TV Estadão testa Lifan 320 | Carros Chineses

  13. nildo fernandes disse:

    O 320 é bem equipado, o abs e airbag fazem a diferença, gostei do carro e do estilo

  14. Wilson Medrado disse:

    Comparar a China com a Rússia é desconhecer as reais competências de cada país. A China é uma realidade, isso não se discute.
    Dizer que carro chinês vai desvalorizar, também é desconhecer a realidade. Perguntem aos proprietários de Mercedes Benz Classe A, que há seis (06) anos valia R$50.000,00 e hoje, se quizer vender, mal conseguirá R$ 15.000,00 e pelo que eu saiba o Classe A não é chinês.
    Vamos aguardar; os japoneses e os coreanos sofreram o mesmo preconceito alguns anos atrás. Somos vítimas do marketing. Precisamos ter coragem para mudar esse estado de coisas. Da discussão nasce a luz. Mantenhamos o respeito por mais que discordemos das demais opiniões. Em tempo: O Corinthians é o maior time do mundo. Tenho dito.

  15. Rodrigo Valuche disse:

    Não querendo puxar sardinha p lado de ninguem até pq eu nunca dirigi um carro chinês ainda…. mas esse carro apesar de todas as incertezas por ser um produto novo, já ganhou o National Rally Championship de 2009 na china e teve uma das melhores performances, na frente até do time da Suzuki, eu particularmente adorei o modelo, não sei sobre a qualidade no quesito de ter rodado em um desses, mas fatos são fatos….. compraria um 320 não pela tradição, que aliás não significa muita coisa, Ex: Harley-Davidson depois de décadas de tradição já quase faliu por problemas de fabricação e assim vai, compraria pela coragem de fazer um produto como um carro e botar ele p testes longe de laboratórios com ambiente controlado que são os rallys, e ter alcançado desempenho melhor que times tradicionais.

  16. RODRIGO disse:

    Pessoal,
    Boa noite!

    Primeiramente parabéns pelo site que está muito bem feito e pelos comentários dos visitantes.

    Lendo a matéria não consegui encontrar informação sobre consumo do Lifan 320, alguem saberia me esclarecer esta dúvida?

    Obrigado

  17. RODRIGO disse:

    Anderson,
    Muito obrigado pelo esclarecimento. Independente de 16 ou 20km por litro é bem economico.

    Ano que vem devem chegar outros modelos chineses e creio que se vier nesta mesma linha de Chery e LIfan darão muito trabalho as montadoras convencionais que cobram caro e não oferecem nenhum equipamento que preste em seus modelos, visto que você paga 40 mil reais em um modelo popular completo e o detalhe é que este completo não tem nem a metade dos que tem nesses chineses e por um preço mais acessível.

    Mais uma questão se alguem souber. Quando deve sair o seguro desses carros, já que não devem ter estatisticas sobre esses modelos para as seguradoras montarem uma previsão.

    Mais uma vez obrigado e vamos continuar discutindo que vale a pena dar atenção a esses modelinhos.

    Abraços

    • Anderson disse:

      Sem dúvida vale a pena. Estou pensando seriamente em trocar meu Fox 1.0 com direção hidráulica e trio elétrico apenas por um desses. No final de outubro estarei no Salão do Automóvel em SP e pretendo esclarecer muitas dúvidas.

      Rodrigo, na concessionária SUPREMA aqui de Brasília eles já tem um corretor que faz o cálculo. A seguradora é a Sulamérica, não cheguei a fazer o cálculo no meu perfil, mas o vendedor me disse que está ficando em torno de R$1.700,00 e R$1.900,00, tanto o 320 quanto o 620.

  18. Alex disse:

    Lendo a matéria não consegui encontrar informação sobre consumo do Lifan 620, alguem saberia me esclarecer esta dúvida?

    • Anderson disse:

      Alex, também segundo a concessionária Suprema aqui de Brasília, o 620 faz em torno de 12-13 km/l na cidade.

      todavia, fiquei sabendo que no Salão do Automóvel eles vão apresentar uma nova versão do 620, com motor 1.8, câmbio automático e teto solar, e que estará à venda no ano que vem. Parece que o preço vai ser R$45.000,00.

  19. andré disse:

    o brasileiro tem mania de acha q ta tudo bom
    o clio e uma [editado]
    enquanto carro de entrada no exterior é o fit e custa 30 mil
    no brasil vc pode levar ou um quadrado ambulante ou uma [editado] francesa pra casa
    e eu nao falo so do EUA
    no chile o captiva custa o equivalente a 60 mil reais
    e ainda vem me fala q carro da [editado] em outro
    quem compra carro falando em da [editado] em outro
    carro se compra pelo conforto ao pilotar, e como aki ninguem ta nem ai pra isso continua a mesma [editado]

  20. Guilherme Loezer disse:

    Fui na loja aqui de curitiba, e perguntei sobre os motores de ambos os modelos (620 e 320), o vendedor me garantiu que o 1.6 que equipa o 620 é o mesmo motor que equipava o corolla da versão anterior, e o 1.3 do 320 é um motor toyota também porém não sabia me informar de qual modelo.

    agora só basta saber se ele falou a verdade.

    • Douglas disse:

      Esses vendedores são f***, são sabem nada..já fui ver Face, Lifan e ninguém sabe nada. Eles precisam preparar mais esse pessoal que tem apenas um script a ser falado e logo em seguida ficar falando de taxas para financiamento a longo prazo. Quando o cara diz que acha que é um motor, mas não sabe qual exatamente ele realmente não sabe nada, não sabe o que esta vendendo. Lamentável.

    • e isso ai a maioria das peças cambio, botões de luz alarme e milha, porta objetos, plásticos do sistema de vidro elétrico tudo parecido com o do Toyota Corolla e o motor é sistema corolla de correntes ao invés de correia dentada trazendo maior durabilidade e resistência ao motor mas não sei se é fabricado pela TOYOTA, tenho um Corolla 2005 tirei zero e só deu desgaste natural de peças o meu ta com 100.000 esse tal de 620 parece ser bom, apesar de um design semi-moderno, agora em relação a desvalorização ninguem sabe como vai ser já o Corolla antigo desvaloriza de 2.000,00 a 3.000,00 por ano…
      Um Abraço Ate mais

  21. DKT disse:

    Fui conhecer o Lifan 320….fiz test-drive c/ ar ligado e 4 pessoas e andou mto bem…ja troquei meu palio economy 2010 pelo Lifan 320. Sem falar q a mulherada se vaza….Palio é uma bomba…tive 2 anos o meu…mto consumo e a fiat n arruma nada.
    LIFAN É O LUXO 3 ANOS GARANTIA E [editado].

  22. Dárcio disse:

    Será que alguém sabería me dizer o tamanho certo do porta malas do 320? é que preciso transportar sempre uma cadeira de rodas (fechada é lógico) e não sei se cabería no porta malas. Aquí em BH ainda não tem revendedores do Lifan.
    Obrigado

  23. marcos disse:

    acho que poucas pessoas vao comprar um 320 pela economia ou motor e sim pelo estilo e diferencial do carro. tenho muita vontade de comprar. alguem ja cotou seguro?

  24. Guilherme Loezer disse:

    Eu fui no salão do automóvel em sp nesse final de semana e me assustei com os lifans, não sei se foi a quantidade de pessoas mexendo nos carros ( mas isso havia em todas as marcas), mas o espelho retrovisor de um 320 estava caido, o acabamento interno da coluna do 620 estava solto, e o cambio de ambos 320 ( havia 2) estavam “mole”, parecia cambio de escort dos anos 80. Me assustei bastante com a durabilidade dos carros. Porém me impressionei com o nível de acabamento dos Hafei e com o altíssimo nível de acabamento e conforto dos MG, mas dai não vem ao caso pois deixa de ser chinês.

    • carberto disse:

      MG é chinês sim! A marca foi vendida para a SAIC e a produção transferida para a China. Como não podiam usar a marca Rover que hoje pertence a Tata e na época pertencia a Ford, criaram a Roewe. Nenhum MG é mais produzido na Inglaterra e a única coisa que sobrou de Morris Garages é o nome…

    • Andre disse:

      Só para esclarecer, em relação ao acabamento caido no estande da Mitsubish o acabamento da coluna de um dos carros que não me lembro bem acho que era uma Lancer(esportivo) também estava caido.
      As pessoas entram e mexem em tudo e sem cuidado algum.

      Até,

  25. Fábio Santos disse:

    Eu gostei das marcas chinesas, tanto a LIFAN como a Chery. Fiquei na dúvida de entre o 320 e o FACE. Vou esperar sair a versão flex e a primeira que lançar, eu compro. Boa a matéria e as opiniões nos debates.

  26. Monique disse:

    Ola pessoas, estou trocando de carro e me interessei pelo lifan 320, mas meu marido esta com receio, temos medo da dificuldade de peças, preços dessas peças de reposição se necessario.
    Algue tem o carro de fato? estamos na duvida entre um focus semi novo e um lifan 0km

  27. Rodnei disse:

    Pessoal,
    Vejo que a discussao pro e contra os chineses causa emocao e quase um sentimento de verdade absoluta em quem defende ou critica.
    Um carro, como bem de consumo, esta atrelado ao desejo que desperta vs a capacidade do consumidor em compra-lo. Por tras desta equivalencia, existe a confiabilidade que a marca oferece…. ou nao no caso das chinesas.
    Nao estou criticando chineses ou koreanos, mas facamos uma analogia com outros bens de consumo, por exemplo, uma TV LCD.
    Por precos iguais ou similares, sempre optamos por nomes reconhecidos. Nao me venham dizer que alguem levaria uma TV ching-ling ao inves de uma Sony, LG ou Samsung, ao mesmo preco.
    Nao existe emocao ou desejo nenhum um produto chines….apenas copias bastante mediocres de projetos ja existentes.

    • Guilherme Loezer disse:

      mas o que me faz as vezes pensar em comprar, é os itens de segurança que se encontra no carro pelo seu preço, não existe nada igual nacional, porém tbm tem o lado que não adianta ter varios airbags se o carro em si não é resistente, portanto tem que esperar os primeiros a baterem ou um crash test do 320 para ver a sua segurança efetiva.

    • Márcio disse:

      AS TVs Samsung, Sony e LG são made in China também… Por que o preconceito com elas?????

  28. Ary Coelho Júnior disse:

    será que algume pode me informar qual afinal de contas é o consumo do Lifan 320?

  29. Carlos Alexandre Mello Dalla Pussa disse:

    Já existe o crash test do Lifan 320….
    [youtube=http://www.youtube.com./watch?v=fEXfy1BeAOw]

    Morte aos pelados brasileiros!!

    • Márcio disse:

      O Gol, Palio, Meriva também tiveram 3 estrelas! O 207, apenas 2! Se levarmos em consideração que ele também fez o test com impacto traseiro, acho até bastante razoável para os padrões brasileiros! E acaba como mito de que carro chinês é morte certa, qualidade inferior, inseguro e etc.

  30. Paulo disse:

    É Marcio, ja vi que voce tem conhecimentos solidos de mercado firmeza e transparencia nas resposta, pena que pessoas nao aproveitem para sair da alienação da ignorancia e aproveitar a dica.

  31. zico trentini disse:

    a peugeot abriu aqui em ponta grossa PR a concessionária lifan comprei 2 lifan 320 um para mim e outro pra minha esposa achei muito bom o carrinho pelo preço tenho uma garagem pequena os dos ficaram bem bonitos até
    podem dar uma olhada la
    http://www.orkut.com.br/Main#AlbumZoom?uid=2246145979068969067&pid=1289669945230&aid=1213085609$pid=1289669945230

  32. Romulo disse:

    Na minha opinião é o seguinte, tem gente que sempre quis ter um Mini Cooper por exemplo, mas que sabia que NUNCA iria comprar um, até porque gastar mais de 80 mil em um carro desse porte é rasgar dinheiro (se você tem aos montes, não há problema algum :D), porém ter uma “cópia” dele, completo e por menos de 30 mil (preço de um POPULAR brasileiro) é uma baita tentação!
    Outro exemplo é o ChangFeng CP21, quem quiser pesquisar, verá que o carro tem um “quê” muito forte de Volvo S40, e quem aí nunca sonhou com um Volvo em sua garagem!
    A maioria segue esta mesma receita, pega um projeto de sucesso, “recria” o mesmo e enche de itens de série…
    Pode até não haver emoção e desejo em carros assim para o mercado de fora, em que um Mini ou um Volvo são carros acessíveis para a maioria das pessoas, mas aqui, infelizmente comparando com países como Venezuela, Argentina, etc. sofremos um abuso excessivo e exclusivo em cima dos automóveis. Neste caso a compra tem sim emoção e desejo…

    Abraços,

    VIVA RPC!

  33. aroldo disse:

    Dois carros excelentes,fiz teste e gostei dos dois.Se pudesse compraria os 2.Primeiro vou comprar o lifan 620 e depois quem sabe ….

  34. marcos fabiano disse:

    gostaria de saber quantos tenho que gastara a mais se eu quiser colocar uma roda aro 17 que seja original dele mesmo.

  35. hemerson disse:

    putz aparentemente esta um otimo custo x beneficio ,
    por ser motor toyota a manutençao nao deve ser tao complicada ,
    outra coisa , vi o crash test do 320 e o do gol g5 sem airbag …. kkkkk
    sem comparaçao

    ate ++

  36. Zico!
    To pensando em comprar um 320 assim que sair 2011,realmente os seus tão muito bonitos.Agora,voce ja fez uma média do consumo?

  37. Jackson Passos disse:

    Mas afinal qual carro comprar? como devo proceder para ser feliz? Estas perguntas são respondidas assim:
    Compre qualquer marca o que importa é vc gostar do que comprou, vc tem que sentir entusiasmo pelo carro desde o primeiro dia que vc pega na loja até o dia que vc resolve vender.
    Nosso entusiasmo muda de um veiculo para outro, tem carro que vc olha e tem vontade de comprar sempre com a mesma intensidade e tem outro carro que vc olha e ele muda seu entusiasmo ou seja vc não sente a mesma vontade parece que vc desanima só de olhar.
    Isso é normal e acontece com todos nós e não é só com carros mas com tudo que esta ao nosso redor vc vai perdendo o gosto pela coisa, conforme o tempo vai passando,
    existem inumeros fatores que interferem em nossa satisfação quando falamos de carros, mas alguns desses itens são potenciais, vou enumerar três que acho que são os campeões do desanimo:
    1º)Quando vc vai vender o carro e não existe nenhum comprador ou seja vc está com um mico, até na troca ninguem quer então o mico é branco, nem de graça todos correm de vc,
    2º) O carro quebra como todos quebram só que o mecanico seja da autorizada ou não informa a vc que não encontra a peça, e que talvez demore uns 30 dias ou se vc preferir pode tentar algun desmanche…
    3º) Este ultimo item fica melhor se nos juntarmos alguns probleminhas: consumo de combustível acima do normal, baixa resistencia ou seja o carro só quebra, manutenção muito cara, seguro caro, pouca rede de assintencia técnica, e vc ouve alguem falar que o carro é feio…..
    Se vc é apaixonado pelo seu carro, desconsidere tudo que escreví acima e viva feliz pois o amor é cego………….

  38. Roland Gilead disse:

    O pior na vida é vc querer fazer algo, e não fazer por medo; medo ou de ser ridicularizado, ou da “maçã” não ser tão doce qto vc esperava. Sim, o carro pode ser um desastre, como pode não ser. Vários carros nacionais foram projetados com falhas de engenharia, de motor, etc, comercializados assim mesmo, e ainda assim tem gente que os defende (pointer, tipo…). Todos devem ter seu lado positivo, eu imagino. Então, de boa, escute as opiniões dos outros apenas para ajudar. Se no final da equação vc ainda quiser comprar um carro chinês, compre e seja feliz, porque caixão não tem gaveta. Longos dias e belas noites a todos.

  39. paulo teofilo disse:

    Boa tarde, vou dar uma olhada nesse carro esses dias, pois tenho uma Tucson 08/08 mecanica, e o carro é magnifico, ele está com 53.000km, não queimou uma lampada, o carro não quebra, gosto muito do carro, o valor da revisão caiu mais de 60%, gastava em torno de R$ 950,00 nas revisões dos 10 aos 40 mil, na ultima que fiz referente aos 50 mil gastei R$ 384,00. Vou dar uma chance para este chines, assim como dei para o coreano, quem sabe nossas industrias nacionais se mexem e oferecem um produto melhor e mais seguro por um preço justo.

  40. Paulo Ruy Pacheco disse:

    Olá, tenho um lifan 320 e compraria um lifan 620 facil…o custo beneficio é otimo…nunca me deu problemas..sendo que comprei um C3 Zero e com um mes de uso voltou pra fabrica, todas as bandejas da roda, quebrou…A China tem daqui a uns 3 anos ser uma potencia mundial automobilistica…outra informação que acho que nem que escreveu esta materia saiba…os carros chineses podem aumentar de preço logo logo no Brasil…sabe pq?…existe um projeto para montar fabricas chinesas aqui no Brasil, com isso a mão de obra ficaria cara e o carro mudaria de valor, ou seja, por 30.000 vc pagaria 40.000…pensem bem…compre agora para colher os frutos depois…

    Grato.

  41. Leandro Salgado disse:

    De boa camarada!!! O carro Lifan é feio demais….agora beleza não se discute pq o Clio é tão feio e ultrapassado que a Nissan lançou aquele Livina e parentes aqui no Brasil e vende igual a água…isso realmente é carro bonito né…o Celta então nem se fala…lindo igual a égua pocotó hahahha agora dizer que o gol 1.0 ou esse carrinho ai dá pau no Renaultzinho meu amigo vc tava sonhando pq não chega nem perto…nem perto…HP não singnifica muita coisa quando o assunto e conjunto mecânico e piloto e em conjunto mecânico a Renault é imbatível pois esse Clio ultrapassado ja ganhou o prêmio de um dos 10 motores mais bem desenvolvidos do mundo. Não é o melhor carro do mundo mas sem dúvida é o melhor compacto vendido no Brasil, melhor até do que muitos premiuns incluindo seu irmao Sandero…fui

  42. aroldo disse:

    Hoje,ninguem quer um marea,brava,tipo,etc…Foram carros fabricados pela atual lider no mercado:FIAT.Esqueci do stilo!!!.Que soltava a roda!!!.Os carros lifan 620 e 320,sao excelentes veiculos a precos justos.Espero que consigam seu espaco no mercado brasileiro.

  43. antonio pari jr. disse:

    Prezados,muito bom site,e o nivel de perguntas e respostas da melhor qualidade.
    Tenho 63 anos e a muito sofro com nossas carroças como falou na época o Collor.
    Torço para que os carros chineses deem certo no Brasil,para acabar com a brincadeira das atuais montadoras onde tudo é opcional para nós consumidores,e com preços fora da nossa realidade.
    Forte abraço.
    Antonio

  44. Luan disse:

    O mal do brasileiro é achar q só gol, uno, fiesta e outros populares do brasil prestam e malha qualquer marca importada chega ao brasil, um troxa da 29 mil num gol 4 portas pelado enquanto pode pelo mesmo preço um carro completo ate demais como no caso do lifan. Eu comprei 3, um pra mim, minha mulher e filha e surpreendeu comparando os da mesma faixa do brasil, 10 a 0. Gol, uno e etc só tem fama apesar de que pelo preso que vc compra um gol g5 0km sem nada , vc pega um corolla 2003 com tudo e mais um pouco e rodara sem dar problemas muito mais doque a ilusão 0km do gol. Ainda vai pra oficina primeiro q o corolla com 7 anos de uso. Experiencia propria. Obs: um corolla qualquer ano roda 300 mil sem da problemas, o gol com 50 mil ja deixou o mecanico rico.

  45. Vagnão disse:

    Eu tenho um clio e não compraria um neo-chines desses aí (lifan, effa,JAC…) como já mencionado, quem sabe até qdo essas marcas estarão por aqui? Quem tem algo chines q preste? Vamos abraçar o q os chinas não querem mais e mandam pros brasileiros comprarem, depois:”non tloca, abliu non tloca…”

  46. SUELEN disse:

    Eu também adquiri um Lifan 320 !!! Estou muito empolgada, estou muito feliz pela aguisição do meu Lifan 320, na troca pelo meu Fox 2006. Indico a vcs, a loja onde comprei, foi na FREE LANCE / EFFA MOTORS DE NITEROI-RJ. Tels: 2621-2171 ou 9501-6153, Com o vendedor ADOLFO, ele foi muito atencioso comigo e profissional, me deixou a vontade para conhecer o carro e também tirar todas as dúvidas que eu tinha, paguei o preço justo no carro e ele avaliou super bem o meu Fox na troca, e ainda pude fazer um teste drive !!! Adorei a Loja da Free Lance e o Vendedor Adolfo também !!!

  47. João Marcos disse:

    Gente, fui na concessionaria em Jundiai ver o carro, fiz o test drive, o carro é um show…. digo que náo tem comparaçao com nossos carros nacionais 1.0. Anda muito, o ABS funciona muito bem, pois testei, Ar condicionado otimo…. Olha, se eles estão pensando em dar balão aqui no Brasil e sumir igual falaram acima, vão conseguir, pois esta sendo um sucesso de vendas aqui em Jundiai, e não vejo a hora de comprar o meu…… Alias no carro que eu fiz o test drive os caras instalaram um teto solar e era um 320 Amarelo…. Pense num carro lindo!!!! mas uns 4 meses a Nifan homologa o Teto solar para ser instalado como opicional (2500) Eletrico… muito chique. Mas valeu que ta encima do muro, pode pular…. É show.

  48. Pingback: Custo ou Benefício? (Especial Automóveis) « Debatepronto’s Blog

  49. BRUNO COSTA disse:

    Eu posso opinar com responsabilidade, pois comprei um lifan320 em fevereiro e o vendi anteontem. O carro é bonito e completo, mas é uma perfeita porcaria, pelo menos por enquanto. Em 1700 KM rodados, apresentou uma dezena de defeitos, mas o que pesou mais foi o cheiro crõnico de gasolina, que ninguém conseguiu resolver. A única solução que encontrei, depois de idas e vindas, foi vend~e-lo para a própria concessionária. comprei por 30 mil e vendi p/ 27 mil. Mas foi, ainda assim, um alíveio. agora posso ser feliz. Abraço a todos. Quem avisa amigo é ou pode ser!! Bruno (31-9713.0703)

  50. tiago disse:

    pelo amor de deus…
    uma copia original chinesa! quer fazer um carro pequeno.. FAÇA!! MAS NÃO COPIE!
    já vi ate campanha do lifan com o Mr Bean! MEU DEUS!

    não sei como conseguem falar bem dessa cópia

  51. delson santana disse:

    DEPOIS DO LANÇAMETO, EMPOLGAÇAO COM OS CHINESES, O LIFFAN 320, COMO QUALQUER OUTRO CHINES JA ESTA NO BRASIL A MAIS DE 1 ANO, ESTA NA HORA DE REFAZER O COMPARATIVO COM .
    OS CARROS FABRICADOS NO BRASIL. O QUE OUÇO ATRAVES DA IMPRENSA ESPECIALIZADA E QUE ASS. TECNICA CHINESA NAO FUNCIONA.
    TALVEZ POSSA SER UM GRANDE VEICULO QUANDO FOR FABRICADO NO BRASIL.
    CONTINUO COM MEU RENAULT CLIO 2012 0KM

  52. wellington disse:

    Bom amigos eu gosto muito do modelo do Lifan por que me faz lembrar muito ao Mini da BMW agora o que eu quero saber mesmo é se eu comprar como é a manutenção do Lifan aqui no Brasil? Se me quebra consigo manutenção com facilicade ou as peças precisam ser encomendadas? E fico ai 15 dias sem carro? To doido pra comprar um gosto muito do modelo mas ainda não fui fazer um teste drive….

  53. Renata Marchiary disse:

    Tenho um Lifan 320 com 46000 km e ele esta suportando bem, sou vendedora de cotas e viajo entre BH e Rio toda semana.
    problemas: acabamento dos bancos descosturando.
    Embreagem teve que ser trocada.
    Desgaste desalinhado dos pneus. consumo bom, 14 KM/l na BR.
    No geral anda bem, o ar gela e pelo que eu estava disposta a pagar era ele ou ele.

  54. overlot disse:

    BATI MEU LIFAN 320 HA DOIS MESES E MEIO… ATÉ HOJE ESTOU A PÉ POIS A LIFAN NAO TEM PEÇAS PARA REPOSIÇAO, ELAS VEM DA CHINA.
    NEGÓCIO FURADO…..

    SE PUDEREM COMPREM NACIONAL.

  55. Pneus Fcil disse:

    Só informando que o Lifan 320 vem com pneu original 165/70R14 GT Radial Champiro 728, um pneu bom, porem não é sempre fácil de encontrar. Como a medida 165/70R14 também não é uma medida muito comum, quando você for trocar todos os quatro pneus você pode colocar a medida 175/65R14 que também serve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>